Saiba como tirar o passaporte italiano e entenda porque é considerado o quarto mais poderoso do mundo.
O passaporte italiano foi eleito pelo ranking da Henley & Partners como o 4º passaporte mais poderosos do mundo, junto com outros países como a Dinamarca, Suécia e Espanha.

A Henley & Partners, em parceria com a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) e com base em dados oficiais de sua base de dados global, analisa os regulamentos de vistos de todos os países e territórios do mundo desde 2006. O número de países que um passaporte específico pode acessar com isenção de vistos é o que gera a sua “pontuação”.

O japonês é o passaporte mais poderoso do mundo. O passaporte brasileiro é o 16º e permite a entrada em 171 países.

TOP 10 dos passaportes mais poderosos do mundo
01º Japão

02º Singapura

03º Alemanha, França e Coreia do Sul

04º Itália, Dinamarca, Finlândia, Suécia e Espanha

05º Noruega, Reino Unido, Áustria, Luxemburgo, Holanda, Portugal, Estados Unidos

06º Bélgica, Suíça, Irlanda e Canadá

07º Austrália, Grécia e Malta

08º Nova Zelândia e República Tcheca

09º Islândia

10º Hungria, Eslovênia, Malásia, dentre outros

Como tirar o passaporte italiano
O passaporte italiano, assim como a carteira de identidade italiana, é um documento de identificação exclusivo às pessoas que possuem o reconhecimento da cidadania italiana.

Tem direito à cidadania italiana os descendentes de italianos que comprovam a transmissão do sangue por meio de certidões de nascimento, casamento e óbito. Não existe limite de gerações, ou seja, um bisneto pode reconhecer a cidadania italiana.

O processo pode ser feito no Brasil ou diretamente na Itália. No Brasil os processos demoram entre 06 e 12 anos. Na Itália o processo demora em média 90 dias.